sexta-feira, dezembro 30, 2005

Vamos a isso, pah!


Pois é ... partimos hoje devagarinho depois do último dia de labuta anual, agora mais, só para o ano que vem... já chega de tanto para os outros e a merda no Euromilhões tarda em sair! Destino reservado é Viseu (para variar) vamos vamos e vamos ... uns com paragens extras para adquirir bugigangas em saldos para dizer que entram no ano que se adivinha fresquinhos com trapinhos novos.N Para fazer o resumo anual... pah leiam o Blog... tá cá tudo ou quase...o que não está de certo que presenciaram, Não vou ser como a Sumares do Blog parceiro "As Coisas" e agradecer a tudo e todos, pois isso já tive o displante de fazer na festa de aniversário do amigo "Petzi". O esprito que se que é de alegria ... verdade, a festa começa hoje e termina lá para domingo... há de tudo e para todos os gostos, há espírito incorpado! O que quero dizer uma boa entrada em 2006 nunca fez mal a ninguém, o que interessa é querer... mesmo a pés juntos, não há que ter vergonha, se houver sintonia... dá! Vá divirtam-se, sem medos e receios!
Até 2006!

quinta-feira, dezembro 29, 2005

Teledisco


Banda sonora de LCD Soundsystem de fundo, "Yeah", do 4 minuto para a frente.
Moça a sair do trabalho com o seu casaco novissímo, com o dia mais frio do ano, percorre umas paragens de metro e acaba no Zoo, onde ele está.
Imagem suspende-se pois o negro da noite encobre a acção violenta, mas prazerosa... ou seria da árvore gigante? Cores estanques e imagem com muito ruído segue-se até que passa pela ponte minutos depois, sem frio e com sorriso estupido.
A música já acabou... fuma um cigarro e segue para jantar.
Flashback final... Boas Festas pelo corpo todo.

quarta-feira, dezembro 28, 2005

Serão.... Serão... e mais Serão


... foi durante a noite toda... a rever a última série, gargalhadas, lágrimas e muita atenção.

Há séries tão bem feitas que se relembram em qualquer serão ameno.

terça-feira, dezembro 27, 2005

E lá fui...

Depois da comezana do Natal ... e dos excessos incontrolados da época, lá veio o Patrão afirmar ... "TEMOS DE TER O NOSSO ALMOÇO ANUAL...", tudo correria à mil maravilhas se no fim de 4 horas de almoço no Guincho, numa daquelas Tascas VIP onde há sapateira e vinho à descrição pagas pela multinacional,não tivessemos de vir trabalhar de novo meios grogs a ouvir Bob Marley na carrinha mono volume do Chefe e a levar com a pasagem da marginal na mona. É claro que mal chegamos de volta para o Bunker... tudo arroxou em litradas de café ensopados por bolinhos caseiros estratégicamente comprados pelas colegas abstémicas...

Que desgraça... entrar na empresa agarrada a uma mini preta e a cantar coisas como "Sericotalho Bacalhau Azeite E Alho..." de Tonicha e "Ana Maria" do Trio Odemira

Só me vale os 8 anos de empresa, pois todos já sabem o que podem contar... com as coisas parvas da Kat, enfim...


sexta-feira, dezembro 23, 2005

A Todos Um Bom Natal



Depois das compras feitas, é tempo de enfardar comida até não poder mais, até os musculos darem de si, beber até ver passar navios, e falar .... rir e gozar com a roupa da tia Zélia... e vermos onde gastámos o subsídio extra ... Tudo em nome do Natal.

Os votos de boas festas são sinceros... vá aproveitem os dias que se seguem!

segunda-feira, dezembro 19, 2005

domingo, dezembro 18, 2005

Começou tão devagarinho



... eu até nem queria, fiquei em casa a fazer um dinner bem aconchegante e até estava acompanhada, mas depois saiu e no serão havia Madagáscar para rever... quando o telefone tocou lá chamei o taxi para Santos...e claro depois do mal feito, era de dia quando saí do Lux...

quinta-feira, dezembro 15, 2005

É NORMAL...


Deve ser, porque senão a moça não lá voltava.
Gosta de lá ir, de se sentir segura, de perceber que as palavras que lhe saem, são espontâneas e verdadeiras.
Há um carinho contido, de concreto há muito para descobrir.Há a "parolice" completa, mas saudável.
Certo é que mesmo com a ausência de contacto físico íntimo quer lá voltar, quer partilhar... mesmo que com isso possa perder o controle pois há verdades ditas.
Na realidade crê que há certos momentos que se tornam únicos e que o interesse é real e simplório... conhece o mundo dele que é ausente por excelência, mas perverso QB.
A moça acredita nestas babuseiras são cretinas, mas ao mesmo tempo aceita que a partilha mútua fortalece o seu espirito.
É como ser apanhada nua numa situação esquisita, depois passa à história, mas fica sempre como um momento KODAK.

quarta-feira, dezembro 14, 2005

Assim gosto...


Episódio de Hoje:

- Ganhei um amigo, não faz juízos pecaminosos, compreende o que digo e atura-me!
- Diversão total pois as horas passam e ali estamos...
- Fala-se de nós, cremes, roupa, casas, emprego, amigos, comidas, música, filmes, BD... fala-se e pronto!


Noites frias cheias de empatia, assunto e risota, um querido amigo!

terça-feira, dezembro 13, 2005

Vivendo por ora desfocado



Desde que quarta que perdi a minha lente de contacto, ando a usar os meus óculos de professora primária... que me provocam as maiores dores de cabeça, mas enquanto não aparecem as lentes novas, cá ando... a Caixa d'óculos.
É tão chato.
Estou aborrecida.
Estou desfocada...

sábado, dezembro 10, 2005

Almoços de Natal


Se é para fazer, faz-se... Fala-se do tempo, da vida em geral, come-se uma saladita e mais nada... trocam-se prendas desnecessárias, olha-se para o relógio à espera do nada. Enfim, há e não há elo... se calhar apenas é uma passarelle daquilo que fomos.

sexta-feira, dezembro 09, 2005

Ressacada ... mas feliz!


Pois é, depois da vergonha ... lá vem os elogios...
Não vou ser de novo lamechas para isso já dei a minha contribuição.
A todos os que me viram naquele estado, ficam a saber que foi por uma boa causa, a despedida do meu amigo Petzi dos seus anos 20... agora é sempre a descer... 354 dias para os 30!!
A Festa foi boa... o pior foi as consequências... ai, ai!
Mamãe apanhou ainda o bafo da noitada anterior, e o pior que depois de verde e azul que estava.... ela fazia anos!
A Festa!!! A Festa meu deus!
Agora só penso que para o Ano há de novo esta maratona... vou já abastecer-me de gurosan suficiente, para me patrocinar!

quinta-feira, dezembro 08, 2005

Quarta... alguém me agarre???


Sintoma: A parede à tua frente está cheia de luzes.
Causa: Caíste de costas... ou será de lado?
Solução: Posiciona o teu corpo 90º em relação ao chão.

terça-feira, dezembro 06, 2005

Estes corpos suados...


... Venho todos os dias para este centro de consumismo, e de algum tempo para cá, já nem me ralo com as quebras de tensões e das caímbras nas pernas e nos braços. Esta ida ao ginásio durante toda a hora do expediente é uma loucura, de certo já nem olho para as pessoas... já nem as ouço falar, apenas vejo as articulações e gesticulações...


A única coisa que tenho presente, é que a roupa que visto ao final do dia levou uma nova lavagem... o ritmo é tal que sinto que estou na roda viva... de puro e duro consumismo. Tanto dinheiro circula por aí!

Crise? Qual crise, homem!!!

segunda-feira, dezembro 05, 2005

Resolução de ano novo

. Não me preocupar em entender a cabeça de certas pessoas, de tanto tentar acho que fiquei com a maior dor de cabeça de todos os tempos.

. Lembrar que não se deve entregar de bandeja a nossa intimidade, há segredos essênciais que se devem preservar, por norma esqueço que ninguém é como eu.

. Riscar do mapa e da minha agenda alguns contactos que se tornaram obsoletos e outros que estão quase lá.


domingo, dezembro 04, 2005

Impulso(s)



Angustiada...Fui lá num de repente e sem avisar e disse... " ...tanta música, tanto filme, tanta BD, tanta conversa e assunto por explorar, tantas horas... tantos pontos em comum, gosto de ti, não sei se nota... mas e agora?..."
Resposta foi simples, um beijo e calou logo a ansiedade.
Basicamente foi, um frenesim de palavras comidas e expostas à presa, para um esquece lá isso rapariga, não é tão complicado como tu demonstras...tanto alarido por uma coisa tão simples e concreta.
Há coisas que vêm por bem, pelo menos sente-se bem.
Cenas à antiga!

sábado, dezembro 03, 2005

Do trabalho ao Lazer


Depois das noites frias e da chuva que vai e volta, só para incomodar, vejo um optimismo certo... Porquê?
Ora é certo que o Natal já chegou à maior parte das casas e ruas portuguesas. O espírito franco de partilha já se encontra na cabeça de cada um.
Boa ventura são as brisas que correm por estas bandas, incertas é claro, mas positivas, a ver vamos.

Vou ver se hoje consigo passar a barreira do trabalho e ter coragem para infrentar o lazer. Ñão Vou perder a oportunidade Rei de poder ser uma princesa na noite que se avizinha

quinta-feira, dezembro 01, 2005

Acordadinha... à antiga


"Afinal o que importa não é a literatura
nem a crítica de arte nem a câmara escura

Afinal o que importa não é bem o negócio
nem o ter dinheiro ao lado de ter horas de ócio

Afinal o que importa não é ser novo e galante
- ele há tanta maneira de compor uma estante

Afinal o que importa é não ter medo: fechar os olhos frente ao precipício
e cair verticalmente no vício

Não é verdade rapaz? E amanhã há bola
antes de haver cinema madame blanche e parola

Que afinal o que importa não é haver gente com fome
porque assim como assim ainda há muita gente que come

Que afinal o que importa é não ter medo
de chamar o gerente e dizer muito alto ao pé de muita gente:
Gerente! Este leite está azedo!

Que afinal o que importa é pôr ao alto a gola do peludo
à saída da pastelaria, e lá fora – ah, lá fora! – rir
de tudo

No riso admirável de quem sabe e gosta
ter lavados e muitos dentes brancos à mostra"
Mário Cesariny

quarta-feira, novembro 30, 2005

Back to Work


... Lindo, depois da febre e das longas conversas que me tiram o sono. Aqui estou de novo da lufa lufa da labuta, toda eu escangalhada mas com um sorriso por acreditar que ainda existem pessoas que quando nascem têm o pressuposto de poder ajudar outras, ainda que seja num singelo aperto de mão ou um afagar de elogios.

terça-feira, novembro 29, 2005

... How many sorrows do you try to hide?



Cruel is the night that covers up your fears
Tender is the one that wipes away your tears
There must be a bitter breeze that makes you sting so viciously
They say the greatest coward
Can hurt the most ferociously

domingo, novembro 27, 2005

O T nunca esteve tão cheio...


Foi da chuva,
da boa companhia,
dos vodkas martinis...
mas o certo é o que o final da noite acabou aqui antes do dormir.

Certo é... que me diverti e muito.

quinta-feira, novembro 24, 2005

Não apareçam, telefonem... por favor!


... o parque de estacionamento está lotado, as lojas e super mercados apinhados.... as pessoas já contam com o subsídio de Natal...e logo ficam loucas e histéricas!
Qual espirito de Natal, qual quê... é necessário é comprar, comPRAR, COMPRAR!!!!
E ando aqui eu feita barata tonta à luta com as gentes por um lugar de mesa para comer, bolas, competir com profissionais de Shopping center... não dá!
Há que dar luta... fazer boicote ao capitalismo... poupem pah, ou então deixem-me almoçar em paz!

quarta-feira, novembro 23, 2005

Lamurias e mais lamurias

Acabou... além de um constante estado de disléxia (que se agrava quando fico ansiosa)mas é do meu charme, das quedas violentas dadas em espaços planos... de fúrias impulsivas, sei que passo grande parte de tempo útil, aqui neste blog, a postar algumas queixas existênciais, o dito desabafo de gaja.
Po ora, o sol raia lá fora... e que bonito está...dispensei os anormais que dei tempo a mais e perdi o meu tempo, e dediquei momentos preciosos extras.
Estou mais optimista, há grandes possibilidades de abraçar esta época natalícia com um sorriso. A ver vamos....

segunda-feira, novembro 21, 2005

E não é que continua a merda da Chuva

Não tarda nada, é tudo aflito com as cheias...
Que bosta de tempo estem, há 4 dias consecutivos a chover ... e bem!!!
Vá... uma aberta até ia bem!

sexta-feira, novembro 18, 2005

Nova aquisição

Não me apetece escrever sobre mais nada, Fui ao IKEA e adquiri isto, sei que não é especial, mas sei que a minha TV já está em cima, nada como ter algo estável onde possa organizar CENAS....

quarta-feira, novembro 16, 2005

Vida De Aquário

FACTO


"Recessão é quando o teu vizinho perde o emprego; Depressão é quando tu perdes o teu." Harry S. Truman

Presidenciais

Já não há paciência para isto.
Pra mim resume-se tudo na mesma merda, ou seja: WC vrs Toilette vrs Casa de Banho vrs Casinha das Necessidades .
(Acabei de citar os candidatos mais importantes, deixo ao critério de cada um usar a terminologia que mais se identifica)

Não passa de um delírio ou será a Little Touch of Nature?

domingo, novembro 13, 2005

Autismo Social



Desisti de mandar pessoas à merda.
... certamente que o caminho é conhecido, elas que apareçam lá sozinhas ou que peçam ajuda a outros.
Isto aqui não é uma repartição pública de informações!

Cá estamos...o telegrama possível



é domingo ... STOP
trabalho.STOP
dormi pouco. STOP
chove muito. STOP
NEURA! STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP

Apontamento da saudade


Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto tão perto tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco


Mário Cesariny

Isto nos 80's fazia sentido




o pior é que tenho memória disto e não achava que era assim tão grave!
Mas isto é mesmo muito mau!!!!

sábado, novembro 12, 2005

Don’t




Now I’m not looking for absolution
Forgiveness for the things I do
But before you come to any conclusions
Try walking in my shoes
You’ll stumble in my footsteps

Fui ver


Resoluções de ano novo

- Estar pronta para este tempo frio sem gastar dinheiro;
- Finalmente acordar com o despertador caríssimo que mamãe
me deu, mas que nem com o galo toca;
- Começar a comprar as prendas de Natal;
- Comer mais bananas, por causa do magnésio
- Acreditar no Pai Natal



Pronto, já passou....






Os Índios, Cowboys e alguns Piratas saíram à rua, e não é que encontrei-os a todos. Parecia o Halloween mas sem os arranjos especiais.
Grande dia .... Gostei muito!

sexta-feira, novembro 11, 2005

quinta-feira, novembro 10, 2005

... Memories

Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo.

Pablo Neruda