quarta-feira, novembro 30, 2005

Back to Work


... Lindo, depois da febre e das longas conversas que me tiram o sono. Aqui estou de novo da lufa lufa da labuta, toda eu escangalhada mas com um sorriso por acreditar que ainda existem pessoas que quando nascem têm o pressuposto de poder ajudar outras, ainda que seja num singelo aperto de mão ou um afagar de elogios.

terça-feira, novembro 29, 2005

... How many sorrows do you try to hide?



Cruel is the night that covers up your fears
Tender is the one that wipes away your tears
There must be a bitter breeze that makes you sting so viciously
They say the greatest coward
Can hurt the most ferociously

domingo, novembro 27, 2005

O T nunca esteve tão cheio...


Foi da chuva,
da boa companhia,
dos vodkas martinis...
mas o certo é o que o final da noite acabou aqui antes do dormir.

Certo é... que me diverti e muito.

quinta-feira, novembro 24, 2005

Não apareçam, telefonem... por favor!


... o parque de estacionamento está lotado, as lojas e super mercados apinhados.... as pessoas já contam com o subsídio de Natal...e logo ficam loucas e histéricas!
Qual espirito de Natal, qual quê... é necessário é comprar, comPRAR, COMPRAR!!!!
E ando aqui eu feita barata tonta à luta com as gentes por um lugar de mesa para comer, bolas, competir com profissionais de Shopping center... não dá!
Há que dar luta... fazer boicote ao capitalismo... poupem pah, ou então deixem-me almoçar em paz!

quarta-feira, novembro 23, 2005

Lamurias e mais lamurias

Acabou... além de um constante estado de disléxia (que se agrava quando fico ansiosa)mas é do meu charme, das quedas violentas dadas em espaços planos... de fúrias impulsivas, sei que passo grande parte de tempo útil, aqui neste blog, a postar algumas queixas existênciais, o dito desabafo de gaja.
Po ora, o sol raia lá fora... e que bonito está...dispensei os anormais que dei tempo a mais e perdi o meu tempo, e dediquei momentos preciosos extras.
Estou mais optimista, há grandes possibilidades de abraçar esta época natalícia com um sorriso. A ver vamos....

segunda-feira, novembro 21, 2005

E não é que continua a merda da Chuva

Não tarda nada, é tudo aflito com as cheias...
Que bosta de tempo estem, há 4 dias consecutivos a chover ... e bem!!!
Vá... uma aberta até ia bem!

sexta-feira, novembro 18, 2005

Nova aquisição

Não me apetece escrever sobre mais nada, Fui ao IKEA e adquiri isto, sei que não é especial, mas sei que a minha TV já está em cima, nada como ter algo estável onde possa organizar CENAS....

quarta-feira, novembro 16, 2005

Vida De Aquário

FACTO


"Recessão é quando o teu vizinho perde o emprego; Depressão é quando tu perdes o teu." Harry S. Truman

Presidenciais

Já não há paciência para isto.
Pra mim resume-se tudo na mesma merda, ou seja: WC vrs Toilette vrs Casa de Banho vrs Casinha das Necessidades .
(Acabei de citar os candidatos mais importantes, deixo ao critério de cada um usar a terminologia que mais se identifica)

Não passa de um delírio ou será a Little Touch of Nature?

domingo, novembro 13, 2005

Autismo Social



Desisti de mandar pessoas à merda.
... certamente que o caminho é conhecido, elas que apareçam lá sozinhas ou que peçam ajuda a outros.
Isto aqui não é uma repartição pública de informações!

Cá estamos...o telegrama possível



é domingo ... STOP
trabalho.STOP
dormi pouco. STOP
chove muito. STOP
NEURA! STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP STOP

Apontamento da saudade


Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco
conheço tão bem o teu corpo
sonhei tanto a tua figura
que é de olhos fechados que eu ando
a limitar a tua altura
e bebo a água e sorvo o ar
que te atravessou a cintura
tanto tão perto tão real
que o meu corpo se transfigura
e toca o seu próprio elemento
num corpo que já não é seu
num rio que desapareceu
onde um braço teu me procura

Em todas as ruas te encontro
em todas as ruas te perco


Mário Cesariny

Isto nos 80's fazia sentido




o pior é que tenho memória disto e não achava que era assim tão grave!
Mas isto é mesmo muito mau!!!!

sábado, novembro 12, 2005

Don’t




Now I’m not looking for absolution
Forgiveness for the things I do
But before you come to any conclusions
Try walking in my shoes
You’ll stumble in my footsteps

Fui ver


Resoluções de ano novo

- Estar pronta para este tempo frio sem gastar dinheiro;
- Finalmente acordar com o despertador caríssimo que mamãe
me deu, mas que nem com o galo toca;
- Começar a comprar as prendas de Natal;
- Comer mais bananas, por causa do magnésio
- Acreditar no Pai Natal



Pronto, já passou....






Os Índios, Cowboys e alguns Piratas saíram à rua, e não é que encontrei-os a todos. Parecia o Halloween mas sem os arranjos especiais.
Grande dia .... Gostei muito!

sexta-feira, novembro 11, 2005

quinta-feira, novembro 10, 2005

... Memories

Tu eras também uma pequena folha
que tremia no meu peito.
O vento da vida pôs-te ali.
A princípio não te vi: não soube
que ias comigo,
até que as tuas raízes
atravessaram o meu peito,
se uniram aos fios do meu sangue,
falaram pela minha boca,
floresceram comigo.

Pablo Neruda

Frio, frio, frio...


Enquanto entorno o café sobre a mesa, tento acender ao mesmo tempo o cigarro.( enfim... o dia-a-dia)... vejo que cada vez mais estou mais trenga, mas não estupida.
Certo, certo é que já estou melhor das costas!
Boa, já posso cair... ou pelo menos ensaiar!
Não tomei os comprimidos do Doutor... mas pomadinha fez maravilhas.
Bom, bom era eu ir fazer mais arrumações, esta mudança é mesmo grande.
A partir de amanhã sou uma pessoa renovada, pelo menos é o que o B.I. vai apresentar.

quarta-feira, novembro 09, 2005

Joaquim finalmente apaixonou-se...


Nunca pensei ouvir da boca dele estas palavras, mas veio ter comigo meio envergonhado e com o nervoso miudinho, com aquele ar de reguila irresistível... " É verdade! Amo!!"

No final depois do abraço sentido, disse-me quem era e o que fazia, ele está mesmo enamorado. Tão bonito, tão lindo. Felicidades Kim! Estou tão feliz por ti. Ao menos o Gorila adormeceu um pouco.

terça-feira, novembro 08, 2005

Ida ao Shôr Dr com direito a receita médica...


Fui ao médico pois novamente dei uma queda, desta vez magei-me nas costas. Que raio, não consigo usar ténis.
As dores nas costas foram caóticas, de tal forma que o andar ficou compremetido. Lá se foi o GAP.
Enfim, não passa de uma uma luxação. Lá me prescreveu uma pomada e uns comprimidos.
... Cheguei a casa e fiquei a ler estes medicamentos...
Ler a composição é caótica, além dos noms que nem seque consigo copiar o único que me foi similar foi fosfato dissódico mas também não é claro... para mim não passa da formula técnica das farmaceuticas nos mandarem à merda de forma científica.
As contra indicações ... as básicas... ( simples, coisa pouca)
insónia, ( que bom...)
ansiedade, ( MAIS???)
agitação (o que já não é bom, para mim que sou tão calminha)
sonolência,(mas afinal dá sonolência ou insónia)
tontura, (isso dá ... mas basta ler isto)
obstipação (tão bom saber que não vou ter o momento all bran)
aumento dos níveis plasmáticos de prolactina (pois, pois, mas claro... isto deve ser grave, ou não estaria aqui escrito)
amenorreia ou perturbações menstruais (agora se ficar prenha é por causa disso...)
ginecomastia (venha lá a senhora, se vier por bem)
cancro da mama (mas atão...toma-se algo para fazer cancro?)
impotência (eu até sou gaja .... mas pega-se?)
disfunção orgástica ( que merda de medicamento é este pá...não durmo, não cago, ando aí perdida de ansiedade e cheia de sono, uma TONTA, o periodo falha, apanho cancro e não tenho orgásmos?)
Tomo isto e fico curada das dores das costas. Foda-se! Isto não não é um medicamento... é suicídio!
Ele vai curar-me do quê? Das costas, ou das quedas? Deve ser o medicamento da BAIXA MÉDICA!
Não vou tomar esta merda ...sabe-se lá o que pode acontecer. E se depois me torno dependente? Já os deitei para o lixo, vai só a pomadinha e logo se vê!
Se os tomar.... é certo que Morro, está visto, ou pior... chateio aqueles que me rodeiam ...
Dito de outra forma: com essa medicamentação... torno-me num vegetal, quem sabe ... posso pedir a alguém para me vir regar o caule 2 a 3 vezes por semana...
Isto inventam-se muita coisa estranha e perturbadora para curar por esse mundo fora... Não acho normal.

Fiz merda...


Mandei alguém, para um sítio bem feio e bem cabeludo e não queria!
Foi sem querer,foi um impulso de tão irritada que estava, juro!
Não costumo mandar ninguém, eu esforço-me para perceber as pessoas e não fazer juízos , muitas das vezes sei que com as pessoas de quem gosto, tenho é um problema de expressão e por isso mesmo tendo a ser confusa e confundir as coisa... bolas, mas uma coisa é ser trapalhona outra é ser bronca!
Eu até que não sou assim, ou se calhar sou, sei lá mas isso pouco importa para agora. FICO extremamente irritada com certas pessoas quando me são queridas e não sei se estão a falar a sério, ou simplesmente a gozar comigo, este caso particular é um deles. Não mereceu, foi sem querer, não foi sentido, pedi desculpa... ele cagou.


é da chuva

Work it Out!

Lá vou eu feita louca para as aulas de GAP
Let the games begin

Lá vem o temporal


Dá para parar... já chega de neura!
Depois do frio... mas dias lindíssimos... vem a chuva e os acessórios. Assim não dá, uma pessoa não lava a roupa, não sai à noite (treta) e não tem ânimo (mais treta).
Que prevalece a Neura isso sim, não é treta nenhuma!

segunda-feira, novembro 07, 2005

Que tonta...


Estive a fazer uma limpeza aos meus ficheiros pessoais, a saber: mensagens, cartas, postais, nºs de telefone, bilhetinhos, CD's e desenhinhos, os K Files (mais vale tarde , que nunca) e finalmente descobri que além de me ter dado a atrasados mentais, pessoas simples... ainda alimentei a esperança de os curar.

O que vale é que vou a tempo de um Natal Santo sem me sentir amargurada e deprimida (se estiver não é por causa destes cromos monos e indecisos) ... afinal de contas não os tenho de aturar, nem as suas mentiras e pequenas chantagens. Informo desde já que fiz um reset a todos e acho que nunca me senti tão bem.

Error Error Error Error

Nota de headline na net:

peru Português preso por posse de droga

amigos, não foi um perú, mas no Perú. Claro que só se intende isto após se ler a notícia. Vou mas é para casa dormir... isto deve ser do cansaço!

sábado, novembro 05, 2005

"Zézinho"... se leres isto, descansa que não é para ti, ou é... pah já nem sei?!!


Só para lembrar que é sábado, estou a trabalhar encafuada com o AC no máximo... lembrei-me que não é a 300 dpi, nem a CMYK, mas num PC linha branca 72 screen RGB.

Veio à mente as palavras sábias, ou talvez não, de um amigo:

" KAT MY KAT... estaciona a nave um bocado...

iupi!!!! ...Lindinha és muito especial... mas vai dar sangue pá!

apanho-te nas curvas garota... está a falar comigo ou a mijar para a parede!!!!!????? "

Perder-te seria uma lástima, pois prezo a tua amizade, és importante pois és uma pessoa válida e acredito que sejas honesto, e muito cool, onde estiveres hoje ou outro dia, sei que estás perto e o mesmo se passa com teu aniversário. Por isso aqui vai a minha homenagem ...... mesmo com ..." bla bla bla bla e fica lá com as tuas memoriazinhas... é muita pacóvia, as melhoras... its life, kat"
Parabéns José!
Gosto de ti . ( e ponto final)

Que Cena, miúdo... dá para crescer?









Se há coisas que me irrita são crises estúpidas de ciuminhos idiotas.
Para mim há uma coisa importante, Amizade! É algo sagrado, não se toca, não se questiona.
Ora bem, se um gajo está interessado em mim, é evidente que ele terá de vivir e conviver com os meus amigos, senão... " MEU CARO AMIGO, faz-te à estrada. Aqui não há pão para malucos!"
Por isso mesmo, se algum dos meus amigos tem um problema, e se tiver ao meu alcance ajudar... não é com ciúmes idiotas,"Não tens tempo para mim... e não me ligas nenhuma, acho que não significo nada para ti..." que as coisas se compõem, dasse, e depois eu é que tenho problemas!
Dá para entender a diferença, de um convite para uma festa, não de uma dormida em minha casa!!! Há diderenças... e ciúmes cretinos e injustificáveis destes para mim, não têm sentido em especial quando o único compromisso acordado foi... sair! Sendo que este comportamento era desnecessário... se estavas interessado, tens de usar outro método, este comigo não resulta.
Não sinto culpa nehuma em ter ajudado um amigo, olha...amanha-te com outra!

sexta-feira, novembro 04, 2005

fait divers


Note to Myself:
Coisas que têm vindo a encher o saco

  • Orçamento de Estado e Presidências ... no comments (para mim são erros de Casting puros)
  • Médio Oriente e A Turquia na UE (para deixar de haver fronteiras...)
  • SLB e a sua eterna arrogância ( a glória das papoilas saltitantes a preto e branco...)
  • TGV e Aeroporto da OTA ( é prioritário)
  • Gripe das Aves e 1ª Companhia ( Não é a mesma coisa?)
  • o Hip Hop e R&B e toda aquela moda de 50 Cent a Sean Paul... passando pelo Usher ( Já não há paciência, já chega de dar dinheiro aos patifes delinquentes proxenetas aka intermediário em negócios amorosos)
  • "a geração dos 1000 euros" (eu e os meus amigos pobres do século XXI!)
  • Inquéritos activos (... tanto inquérito e tudo na mesma)
  • Para a merda da chuva... o Alqueva já esta a 60% ... podemos parar agora por uns mesinhos
  • O Espirito Natal já chegou



    A pedido de várias famílias, amigos(as) e gentes comuns, vou tentar não continuar a corrente que iniciei de estado de espirito depré, já chega de achar que o problema está em mim, até eu já estou farta, bolas!.

    Assim sendo, para todos aqueles que se atravessaram no meu caminho e deram uma de fuga estupida por razões que até a própria razão desconhece... CAGUEI! Azar o vosso rapazes, quem fica a perder são vocês, pah!

    AH! Outra coisa, e aqueles que andam prái a dizer que têm uma prenda de aniversário para mim ( o pior é que não é só um) , Don't bother, dears... Caso não tenham notado o meu aniversário foi em SETEMBRO e na data foram devidamente convidados para partilhar o momento comigo, não é a prenda que muda o sentimento que fez com que eu vos convidasse. Se não há assunto, senão esse, mais vale dizer que me oferecem uma caixa de Smarties no ano 2056, sem açuçar e gorduras saturadas por causa do Colestrol e da Diabetes...acreditem que dou mais uso.

    quinta-feira, novembro 03, 2005

    Nota pessoal ao anónimo:

    Acho que o facto de não ser entendida, pressupõe muitas vezes os enganos e as ilusões.
    Acho muito irritante o facto da prepotência de certos indivíduos acharem que está tudo sob controlo, quando à partida, já não haver tratamento VIP da minha parte.
    Uma pessoa pode ser amiga, só pelo simples prazer de o ser. Sem querer nada em troca. Para mim a isso se chama AMIZADE.
    O carinho pode ser demonstrado de tantas formas, e não haver necessáriamente contacto directo físico, apenas algo espiritual que perdura no etéreo.
    Às vezes até é melhor.

    este passado tão próximo ... tão real


    Merda... é a tristeza!
    (Quarta-feira, Abril 14, 2004)

    Continuo a falar de sentimentos, nestes dias tão tranquilos mas conturbados pela nossa pequinês, louvo àqueles que de mim gostam e que apoiam mesmo quando me vou abaixo... esses sim, são aqueles que mercecem toda a minha gratidão.


    Há dias assim (e curiosamente são sempre chuvosos)... há dias que acho que nada cumprimos nesta vida, mas o sorriso que prontifico faz com encare com esperança... mesmo que o cinísmo dos outros seja a forma de estar. Nunca achei que o estar cegante e ser carneira era o meu ideal de vida... pelo contrário questiono e procuro ser confrontada com as minhas opiniões e atitudes, sem cair em dogma e retrocessos.

    Eu vivo intensamente... vivo amore ...
    Pois vê...
    s. m.,
    viva afeição que nos impele para o objecto dos nossos desejos;
    inclinação da alma e do coração;
    objecto da nossa afeição;
    paixão;
    afecto;
    inclinação exclusiva;
    ant.,
    graça, mercê.
    com —: com muito gosto, com zelo;
    fazer —: ter relações sexuais;
    loc. prep.,
    por — de: por causa de;
    por — de Deus: por caridade;
    ter — à pele: ser prudente, não arriscar a vida;
    — captativo:vd. amor possessivo;
    — conjugal: amor pelo qual as pessoas se unem pelas leis do matrimónio;
    — oblativo: amor dedicado a outrem;
    — platónico: intensa afeição que não inclui sentimentos carnais;
    — possessivo: amor que leva a subjugar e monopolizar a pessoa que se ama; o m. q. amor captativo.

    Verdade esta é assim que me movo ... num sentimento excessivo, de amor ardente, de afecto por vezes violento, entusiasmo extremo, de cólera dissipada, grande mágoa por não ser capaz, vício dominador de mim própria, alucinação completa, sofrimento intenso e prolongado, parcialidade mordaz.
    Tenho o impulso rápido na alma ou nas paixões, uma veemência, eloquência arrebatadora que me faz ser real e querer ter o ser genuino e mavioso.

    Obrigada pela devoção do amor alheio que me dão, essa compaixão poderá gratuita mas será para mim sempre sem preço.
    Este meu discurso ... apenas reconhece o quão aprazível é saber que não sou inútil, desnecessária e incapaz de incutir lembrança suave de algo ou coisas distantes, acompanhada sempre com desejo de as tornar a ver ou a possuir.
    Para quem sabe, porque é ... um grande sorriso e uma porta escancarada para entrar sem cerimónia, mesmo que seja farçola.

    E que a merda da tristeza se afogue na sua própria melancolia, pois não me arrasta ... com pessoas assim terei o maior dos contentamentos ... a Felicidade.



    Tabu... ou será mesmo a estupidez?

    Perturba-me a essência humana, o estar e a vontade são elemetos tão naturais no Homem e tão díspares que confundem o mais mortal, o que espero encontrar nesta vida é as pessoas que fogem quando são confrontadas com a realidade, mesmo que esta seja um pouco mais dura, mas apelam logo à fuga, queixando-se de mau estar e de racciocinios pouco lógicos.
    A paciência, essa arte de saber estar na vida promove multiplas situações das quais não quero aprofundar muito, mas os seus dissabores por vezes fazem perder a dita fé nas pessoas, achando que somos manipulados por caprichos de outrém, é verdade... por vezes parecemos marionetas sem ter qualquer tipo de percepção lógica
    Na verdade, acredito que as pessoas não têm má índole quando não são passíveis de decidir o que querem, apenas olham para o seu umbigo e acreditam que dali sairá a resposta para a verdade absoluta.
    As decepções e desilusões só nos aparecem como verdade, quando arquivamos e rotulamos a situação de inútil... mas eu sempre dei o benefício da dúvida, sempre achei que indepententemente da maior alucinação que um sujeito possa ter, no fundo ainda não percebeu que a comunicação é o ancinho que lavra a terra que é o nosso caminho.

    Ora bem, se a vontade e o estar não é a mesma coisa... onde posso eu enterder-me nestas vidas que se cruzam com a minha? Como será possível estar com alguém sem vontade? Ou mesmo ter vontade e não estar?

    Será um enigma de palavras ... ou falta de interesse, ou mesmo acanho de responsabilidade... Na nossa sociedade o cidadão é cosmopolita ... e será que os relacionamentos de hoje estão a par dos excelentes almoços que a comunidade tem no Macdonalds ou na Pizza Hut... resume-se a um fast love, fast eat? Satisfazendo um momento tão curto ... quanto o tempo disponível ... pois tudo o resto é supérfulo?

    Será?
    Serei eu da velha guarda em acreditar que saborear grandes momentos nos traz felicidade?!
    Será que é um tabu ... ser emocional, ser verdadeiro... unir o estar e a vontade?
    Será que já não há espaço nem paciência para a "estupidez social" que é a sinceridade?
    Será?

    quarta-feira, novembro 02, 2005

    Para aquele que me irrita mais....

    Wednesday Date



    Gosto do cigarrinho de Quarta, o hábito é sempre agradável.

    ....saudades....

    (des)amores



    Recebi algumas críticas da forma como escrevo neste Blog... do meu blog, que é pessoal, e que com milhões de blogs eu escrevo do que me petece, para o sugeito em questão a sua opinião é de este blog ser um " blog Diário" ... e de ser o estilo " opá, hoje cagei... ontem mijei pouco... hoje sai com um amigo fantasma..."retorqui com a singela frase " ...mas queres que fale das fodas, dos broches... é isso? "

    .... para pensar, pois já esteve mais longe

    Resolução de Ano Novo:

    Criar a semana temática apple ou pc vs ikea ou moviflor

    terça-feira, novembro 01, 2005

    Esta ressaca que inunda o meu raciocínio




    é que nem vou comentar como estou azul... já estive verde....

    Vou beber um chá de algas para relaxar.


    hoje não dá para mais, o teclar tem um barulho assustador