quarta-feira, agosto 02, 2006

Fassanhas Inúteis

Por mais que pense, há coisas bem mais importantes do que singelos passeios noctívagos esporádicos. Mais uma vez, só pensei nisso depois do mal feito... à gang a minha sincera desculpa. O respeito ganha-se de forma suada, parecemos todos iguais, mas às vezes assassinamos coisas simples e fundamentais como os valores nobres conquistados pela amizade mais ingénua.
É bem provável que me retire e que tenha de recorrer à minha consciência para perceber a responsabilidade entre ter amigos ou meros conhecidos. Até lá, peço um pouco de indulgência, um perdão de quem age sem pensar, e não o faz por má fé.

4 comentários:

Anónimo disse...

O que é que foi desta vez, pá?
É que já chateias com as desculpas, não há quem ature a tua fase neurótica!

revenge disse...

Kat, vá arranja amigos novos... já gastaste o ar destes. Agora, deixa-te de lamúrias e vive a tua vida sem tanta justificação!

Interpol disse...

Tens uns amigos castradores, só pode. Para precisares de pedir desculpas publicamente, deves ter feito da bonita... Ficaste a dever muito dinheiro?

Anónimo disse...

Há 2 coisas importantes na tua vida:
Tu e a tua família, de resto é tudo flutuante. O grande prémio és sempre tu!