segunda-feira, outubro 16, 2006

Azar quando bate... é por trás??

Depois de um fim de semana mesmo familiar... com direito a bolinhos, corridas de pistas, e acordar sem falinhas mansas, insultos com apanágio vulgar, risos incontrolados, desfiles de trapinhos... muito agradável. Tinha de vir má sorte...
Quero informar que no espaço de 2 meses já arranjei mais o meu carro que fiz máquinas de roupa suja.
Então não é que ontem pela noitinha, mesmo no finalzinho de fim de semana chuvoso de lanzeira, ao respeitar um sinal de STOP numa avenida grande de Lissabona me bateram a uma velocidade estonteante?
E Desta vez sem culpa!!! ... apenas porque respeitei o sinal... levo a maior trancada por trás que se ma lembra... incrível... cumprir o código é perigoso!
Será mau olhado?
Inveja de criancice?
Senhoras e senhores que me querem mal?
Ou o Carro tem de ser exorcizado?

O que interessa mesmo meus amigos, é que volto de novo à rádiofonia... Logo mais, às 19H-20H na Ant3na à conversa no programa Prova Oral.

Agora mais calma e cheia de energia e alegria.

3 comentários:

Mak, o Mau disse...

Páras no Stop? Isso em Portugal já foi abolido há muitos e bons anos. Quase na mesma altura em que parar quando tem malta nas passadeiras a atravessar a rua deixou de estar na moda...

De qualquer maneira, se consegues escrever hoje, podia ser pior ;)

revenge disse...

Andas com nau ollhado, MESMO!

Anónimo disse...

Metes-te em ser dona do lar e mãe de filhos e depois não queres levar por trás??