terça-feira, setembro 05, 2006

Pac Pac Paco

Estas noites de final de verão, óptimas de convívio de alpendre, faz com que deseje o melhor... tentarei ser mais pessimista relativamente a mim e aos outros... esta tranquilidade faz com não ande com inspiração nenhuma para aqui escrever… ou melhor, provavelmente ando a gastar a dita noutros sítios… uma descentralização vegetal, quase que posso falar de um espasmo mental, mas sem os murros do costume. Vale a pena, e eu nada ralada.
Não há artista que sobreviva à maravilha de um serão bem passado, porque me sinto extraordinariamente dengosa, ao mesmo tempo ligada emocionalmente a um ar condicionado com filtro saudável, tenho vontade de dizer: " Meu amor, serves-me mais um copo d'água fresquinha?!" mas não, não vou dizer isso agora, é estupido... ainda ouço a resposta: "Pó caralho, vai buscar tu, mas lá sou teu criado com este calor!" Quem disse que a vida conjugal no sossego do lar ameno era chata e monótona?

8 comentários:

revenge disse...

E tu, claro como gaja, gostas de ser mal tratada, não é? Todas gostam de ter rédea curta!

Anónimo disse...

Isto é o que se chama "Homem com Rédea Curta"... só falta ser do Benfica para ser perfeito!

1/4 Vigor disse...

Deves ter caído de um 18º andar e não escreveste nenhum post por pura vergonha, assim como o teu silêncio sobre a a prestação do teu guarda redes na selecção nacional, mas agora falar de nhanhias, tás pronta para Bingo!
É verdade, também já estou de volta, a ver se reponho a decência e agressividade nestes vegetais mal cozinhados!

Anónimo disse...

Podias era arrotar e coçar o cú enquanto dizes palavras como chegastes, hades e quaisqueres... acho que aí oferecia-te o fato de treino roxo e amarelo, ideal para usares com os teus sapatos altos agulha!

Cuga disse...

Kat, instaura a repressão no teu blog e acaba com os anónimos. Ao menos, se quiserem mandar bocas, têm de ter um username e uma password e a ver pelos comentários, a maior parte destes anónimos, não têm células que cheguem para decorar dados!

Sumares disse...

Olhem. Acabei de chegar aqui e acho o mesmo.

Anónimo: não sejas farçolas! Que chunguice gratuita...

Anónimo disse...

Típico de gajas, eu lá sou gato bravo para me castrarem?

Cuga disse...

Caro anónimo deves querer dizer pato, em vez de gato bravo, não?