segunda-feira, outubro 22, 2007

Sobrevivendo o campo

Depois de silvas, mais espinhos, caminhos de cabra bloqueados com arame fapado e de andar completamente desnorteada no meio do mato... de slides improvisados no meio de eucaliptos, escaladas em paredes falsas e um paint ball assassino... apenas quero dizer que gritava... "Colegas de equipa, matem-me que preciso de um salto alto para ter um andar normal!" Basicamente fiquei sem sentir os calcanhares, coxa além de cheirar a texugo... Quem disse que desportos radicais são divertidos com colegas de trabalho, certamente esqueceu-se que as garotas e moças que suam e não têm água tépida para se refrescar acabam por ficar de mau humor o resto do tempo. Enfim, o que vale é que é uma vez por ano...

3 comentários:

Darcy disse...

Ora... até parece ter sido um fim-de-semana divertido! eheh

Mafa disse...

Será impressão minha ou, pelo que me tenho vindo a aperceber, a Kat só se aguenta em cima de um salto alto? Não há por aí ténis que não lhe faça andar estouvada?

Kat disse...

Para mim "Ténis" é um substantivo comum que me provoca graves lesões!