domingo, agosto 20, 2006

Acerca te a mi

Só tenho a dizer que continuo num estado de graça assustador, descobri que gosto de alguém de forma honesta, sem que lhe tenha de exigir nada em volta. São cumplicidades únicas e inesplicáveis... cliques que se dispultam sem se aperceber. Do nada e sem querer, descobri que há verdades e sentimentos nesta forma de estar tão "nova" para mim, mesmo que com arrelias de outrém ou mal entendidos, acordo de manhã com o sorriso mais parvo que tenho e não consigo retirá-lo da face.
Estou bem, sinto-me bem... sem vontade de fazer trafulhices ou mesmo traquinices irresponsáveis... apetece-me saborear este momento que se apoderou do meu ser, devagarinho... e que depois explodiu em alegria. No meio de confiança e respeito, soltou-se a mais pura manifestação de carinho, um afagar terno que despultou a tranquilidade de querer estar com outra pessoa e fazê-la feliz. Lamechas, certamente que é... do pior... parece que permaneço num filme de gajas de série B de domingo à tarde da TVI, mas até gosto. O que se torna bem bizarro para mim, mas parece que descobri algo novo em mim... mais calmo, mais real, mais vivido, mais divertido. Apercebi-me finalmente que é sério e sincero, pois mesmo no meio do nada, debaixo de uma chuva torrencial, coberta de lama, cansada, a ver Peter Murphy, apeteceu-me dar um abraço de obrigado, a esta pessoa que re-descobri e que entrou na minha vida a pedir com licença e eu ali de porta escancarada.
Estou grata de sentir o mais nobre sentimento, espero que seja eterno enquanto dure.





P.S. - E este foi o post possível de esplanar uma declaração de amor que tenho, fui o mais sincera e fico-me por aqui Pois, tudo o resto são pormenores, não tenho que justificar mais nada sobre mim ou a minha vida.
Que saiba, ainda sou livre de escolher o meu percurso e deixar acompanhar-me por que goste.
A verdade é que em 2 anos e meio posso ter sentido muita coisa, e muito foi dito aqui... de forma corrosiva ou de até mesmo explosiva, mas nada como o que sinto agora, os Vegetais & Tabus continuam a fazer sentido naminha vida, e vão continuar, mas de certo terão outra componente. A ver vamos, sei que isto não mudou a minha vida, mudou só a minha forma de receber as pessoas no meu coração.

9 comentários:

totte disse...

Estás mesmo apanhadinha. Bom para ti. Acho que nunca tinha visto isto. Esse Don Juan deve ter assolado a alma.

1/4 Vigor disse...

Isto significa que não estás disponível para a ramboia habitual?
És exclusiva ao tipo que "re-descobriste"?

Xiça, que seca Kat!

revenge disse...

Lamechas... lamechas... lamechas... Não tarda nada está a ouvir música do James Blunt!

Anónimo disse...

Esse estado de graça não passa mesmo depois deste tempo todo?
Ai ai... amor amor.
Mesmo com os teus intintos assassinos, ele continua contigo, então são feitos um para o outro!
Estão os dois apaxonados, armados em parvos, deve ser do calor!

Bode Camponês disse...

Mas isso ainda dura?
Pensei que durante a dita lua de mel tu percebesses que podias devolve-lo!
Se continuas assim... ó que grande merda, vais ficar uma seca!

Kinder Surpresa disse...

Qual quê. Isto é tudo amor. Viva o amor! O Amor é infinito. É eterno. É lindo. É mais forte que a física quântica. É resistente. Porque nada o quebra. Podem vir uma dúzia de Shaolins, raios laser,um arrastão da Cova da Moura ou rockets do Hezbolah. Nada nem ninguém consegue desfazer aquilo que duas pessoas criaram. É o lado bom da Força. São milhares de protões que circulam em velocidades ciclópicas abraçando dois seres como um escudo. Acertar no Amor vale mais que vários jackpots do Euromilhões. E quando ele nos atinge, somos bombardeados intensamente por mísseis teleguiados e não por inofensivas setas de Cupido. É a maior oferta que se pode desejar, é a sabe melhor dar. O Amor é assim, deixa-nos estúpidos.

Interpol disse...

Pronto, Kat já passou!
Estás estupida dessa cegueira fascista que é o AMOR!
E Nós aqui a lamentar que deixaste o clube dos encalhados...
Teria de acontecer um dia, lads!

Anónimo disse...

Não Mudou NADA????

NADA é favor linda menina!

Deixaste de ser amarga... achas pouco?

Quando o Telefone Toca disse...

Concordo com o Kinder... c'est l'amour... deixem a rapariga em paz, no entanto tenho a ressalva de: " Acertar no Amor vale mais que vários jackpots do Euromilhões." é pá amigo, entre uma gaja (mesmo que boa) e 46 milhões de Euros, venha o Totobola que não posso esperar!